Terça-feira
01 de Dezembro de 2020 - 

Consulte Os Seus Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Vice-presidente do TJCE inicia reuniões de transição com gestores da Coordenação do Sistema de Juizados Especiais

Em continuidade à série de reuniões de transição para conhecer a realidade de cada órgão do Poder Judiciário, a futura presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e atual vice, desembargadora Nailde Pinheiro, fez a abertura nesta sexta-feira (20/11) do primeiro encontro com os gestores do Sistema Estadual dos Juizados Especiais. “Parabenizo ao desembargador Gladyson Pontes [coordenador do Sistema Estadual dos Juizados] e ao juiz Marcelo Roseno [coordenador dos Juizados da Capital] pelo excelente trabalho que realizaram no último biênio. Os desafios foram superados e hoje temos avanços, inclusive na área tecnológica, com a utilização de robôs para auxiliar nos serviços dos juízes e servidores”, elogiou. Em substituição ao desembargador Gladyson Pontes, assumirá o desembargador Heráclito Vieira Neto, que agradeceu o convite feito pela vice-presidente. “Sinto-me honrado, e é com gratidão que aceito esta missão, pois minha carreira no Tribunal está ligada fortemente aos juizados porque atuei por 21 anos na 1ª Unidade dos Juizados Especiais de Fortaleza”. Já a juíza Helga Medved, titular do 22º Juizado Especial Cível, será a coordenadora dos Juizados Especiais Cíveis, Criminais e da Fazenda Pública de Fortaleza. “É um privilégio trabalhar com a desembargadora Nailde, é uma pessoa que tem como característica acolher e ouvir. Então, podem contar comigo, eu me comprometo a colocar o meu coração nesta Gestão.” Também presente a juíza auxiliar Sirley Cintia, que assumirá o cargo de diretora das Turmas Recursais. “Agradeço a confiança em mim depositada. Estou com muita vontade de trabalhar, vim para somar esforços e oferecer o melhor aos jurisdicionados”. Ela ficará no lugar da juíza Mônica Lima Chaves Coutinho. BALANÇO Na oportunidade, o juiz Marcelo Roseno destacou as principais iniciativas que contribuíram para o aumento da produtividade, entre elas a implantação do Programa de Juízes Leigos, em Julho de 2019 e a publicação da Portaria nº 668/2020 em maio deste ano, que possibilitou a realização de sessões de conciliação por meio virtual no Sistema de Juizados Especiais. Citou, também, a publicação da Portaria nº 1221 em julho de 2019, que regulamentou os procedimentos para edição de enunciados e a realização da sessão plenária que aprovou 14 novos enunciados, bem como a modernização do Juizado Móvel, objeto de projeto estratégico do Judiciário cearense. Participaram ainda da reunião a coordenadora da Coordenadoria do Sistema Estadual dos Juizados Especiais, Cíveis, Criminais e da Fazenda Pública, Jacqueline Lima Alves, e a gerente executiva das Turmas Recursais, Roberta Peixoto. SAIBA MAIS JUIZADOS ESPECIAIS 44 é o total de Juizado Especiais do Judiciário do Ceará 29 funcionam na Capital (20 são da área Cível, 4 da área Criminal e 5 da Fazenda Pública) 15 funcionam no Interior do Estado TURMAS RECURSAIS 5 é o total de Turmas Recursais 4 são Cíveis e Criminais (sendo duas provisórias) 1 da Fazenda Pública
20/11/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.