Sábado
13 de Julho de 2024 - 

Consulte Os Seus Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

229 candidatos (as) foram aprovados (as) em prova oral do Concurso Nacional da Magistratura Trabalhista

13/6/2024 - A Comissão Executiva Nacional do 2º Concurso Público Nacional Unificado para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho realizou, nesta quinta-feira (13), sessão pública de pulgação do resultado da prova oral. Das 240 candidaturas habilitadas a participarem das arguições,  229 foram aprovadas e estão aptas a tomarem posse como juízas e juízes do Trabalho. Próximas etapas Os candidatos e as candidatas aprovados (as) na prova oral serão submetidos à quinta fase do certame, de caráter apenas classificatório, com a análise dos títulos enviados na terceira etapa. Confira o cronograma: 19 de junho: publicação do resultado final da prova oral e pulgação do resultado preliminar da avaliação dos títulos; 20 e 21 de junho: prazo para recurso sobre o resultado da avaliação de títulos; Segundo semestre: Posse e início do Curso Nacional de Formação Inicial (CNFI) pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (ENAMAT). Longo trabalho Abrindo a sessão pública, o presidente da Comissão Executiva Nacional, ministro Hugo Carlos Scheuermann, ressaltou que esta etapa foi marcada por dois meses de trabalho árduo dos integrantes da comissão, bem como de toda equipe de servidores (as) e prestadores (as) do tribunal e da FGV. “Realizamos um trabalho conjunto com muito empenho e dedicação para garantir total isonomia e transparência”, disse. “Somos  testemunhas também de toda dedicação e comprometimento dos que aqui chegaram nesta etapa”, completou. Momento único O presidente da Comissão Examinadora da Prova Oral, ministro Luiz Philippe Vieira de Melo Filho, ressaltou que este é um momento único na vida das candidatas e dos candidatos pelo esforço dedicado para realizar este projeto de vida. “É uma vida de muita responsabilidade e que nós temos que levar com muito cuidado, porque ali estão vidas que esperam da justiça uma resposta justa e só acha a justiça quem por ela procura”, disse. “A vida de vocês tem um novo compromisso. Se vocês acham que está acabando, está apenas començando”, concluiu. Dedicação A Corregedora-geral da Justiça do Trabalho, ministra Dora Maria da Costa, que está no exercício da presidência do TST e do CSJT, parabenizou os (as) candidatos (as) e parabenizou o trabalho da Comissão Executiva Nacional, em nome do ministro Hugo Carlos Scheuermann. “O ministro apresentou um trabalho impecável e incansável. Em nome da Administração, muito obrigado”. Confira a íntegra da sessão pública: (Andrea Magalhães/AJ - Foto: Felipe Sampaio)
13/06/2024 (00:00)
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.